nada esperado

Bom, que a morte de Michael Jackson não era nada esperada, isso sim.
Sabe aquele tipo de pessoa que voce nunca pode imaginar morta? tipo o Silvio Santos ou a Dercy? ‘-‘
O Michael era uma figura eterna, e com certeza vai continuar sendo. Não só por suas musicas incriveis e nem por toda a sua caridade e bondade, mas por toda a sua lição de vida, tudo o que nos ensinou e inspirou.
Hoje logo no inicio da tarde aconteceu o funeral de Michael, onde varias pessoas e artistas deram o seu adeus ao Rei.
Admito que me emocionei muito com algumas das declarações, principalmente quando Jennifer Hudson cantou Will You Be There (uma de minhas músicas preferidas de Michael), realmente uma apresentação muito emocionante. Mas o que mais emocionou foi que logo no fim quando, a filha de Michael, Paris diz: “Desde que eu nasci, ele foi o melhor pai que se possa imaginar. Só quero dizer que eu o amo muito”, com certeza pos muito marmanjo pra chorar.
Enfim, Michael não vai deixar apenas saudades, mas coisas em que pensarmos. O rei foi único e poderemos contar a nossos netos que pudemos ter a maravilhosa experiencia de ver os feitos de Michael mudarem o mundo, talvez não mudar o mundo todo, mas o mundo de cada um de nós, não só mudando nossa maneira de pensar sobre certas coisas, mas tambem abrindo nossos olhos para a realidade no mundo.
Eu poderia ficar aqui horas e horas citando todos os feitos de Michael, todas as pessoas que ele ajudou, todas as campanhas que promoveu, enfim, tudo o que Michael fez para mudar a situação de muitos, mas acredito que isso seja desnecessario, todos sabem o que ele significou pro mundo da música e pro mundo social em que vivemos, mostrou que juntos, pudemos ser um. *-*
Como twittou o próprio Marcus Mion (Vj da MTV): “Estamos vendo a história pela primeira vez na nossa geração. MUITO FODA! Não vimos Elvis, muito pequenos com Lennon. É p contar p filhos.”
E ficam aqui minhas lástimas por uma das maiores perdas do mundo da música.

E aqui vai o clipe de They Don’t Care About Us, gravado no Brasil em 1996. A canção na verdade é sobre a dor do preconceito e do ódio e é uma maneira da chamar a atenção para problemas sociais e políticos.” MJ. ☆1958 †2009

Dica é esse site, melhor site de tributo ao Michael😀 EternalMoonwalk

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: