O Futebol e a Cultura

Que jogadores de futebol não são exemplos de cultura tudo bem, mas achei que burrice tinha limite. Mas depois de achar na net essas frases de jogadores passei a duvidar que burrice possa ter limite. Olhe as frases e depois pense o que achou:

– Tanto na minha vida futebolística quanto com a minha vida ser humana.’ (Nunes, ex-atacante do Flamengo) – Quer dizer que jogando futebol ele não é humano??

– Chegarei de surpresa dia 15, às duas da tarde, vôo 619 da VARIG.’ (Mengálvio, ex-meia do Santos, em telegrama à família quando em excursão à Europa) – Que surpresa xD

– Que interessante, aqui no Japão só tem carro importado.’ (Jardel, ex-atacante do Grêmio) – Sabe que nos Estados Unidos também =D

– As pessoas querem que o Brasil vença e ganhe.’ (Dunga, em entrevista ao programa Terceiro Tempo) – Eu não, pra mim qualquer uma das duas já serve.

– Eu, o Paulo Nunes e o Dinho vamos fazer uma dupla sertaneja.’ (Jardel, ex-atacante do Grêmio) – 1+1+1=3?!?!?

-‘O novo apelido do Aloísio é CB, Sangue Bom.’ (Souza, meio-campo do São Paulo, em uma entrevista ao Jogo Duro) – O português pegado xD

-‘A partir de agora o meu coração só tem uma cor: vermelho e preto.’ (Jogador Fabão, assim que chegou no Flamengo) – Mais um que não sabe contar.

-‘Eu peguei a bola no meio de campo e fui fondo, fui fondo, fui fondo e chutei pro gol.’ (Jardel, ex- jogador do Vasco e Grêmio, ao relatar ao repórter o gol que tinha feito) – Mais uma do Jarde, só perdoo ele porque fazia gols (e como)

-A bola ia indo, indo, indo… e iu!’ (Nunes, jogador do Flamengo da década de 80) – A bola iu?!?!

-Nem que eu tivesse dois pulmões eu alcançava essa bola. (Bradock, amigo de Romário, reclamando de um passe longo) – Dois pulmões não, mas talvez um cerebro ajudasse.

-No México que é bom. Lá a gente recebe semanalmente de 15 em 15 dias.’ (Ferreira, ex-ponta esquerda do Santos) – Já decidi, vou trabalhar no México xD

-Quando o jogo está a mil, minha naftalina sobe.’ (Jardel, ex-atacante do Vasco, Grêmio e da Seleção) – Jardel atacando de novo .

-O meu clube estava a beira do precipício, mas tomou a decisão correta, deu um passo a frente.’ (João Pinto, jogador do Benfica de Portugal) – A queda foi muito alta??

– A moto eu vou vender e o rádio vou dar pro meu tio” (Nunes, ex-Flamengo, ao ser perguntado com o que faria com a Motorádio que ganhara de prêmio por ser o melhor jogador em campo) – Sem comentários.

– O jogador tem que ser versátil como o pato, que é um animal tanto aquático, como gramático” (Vicente Matheus) – Animal gramático, adorei =DD

– Quem tá na chuva é pra se queimar (Vicente Matheus) – Como??

– O Rivelino é inegociável, invendável e imprestável (Vicente Matheus) – Bom pra ele

– Só tombarão o Corinthians sobre o meu cadáver!(Vicente Matheus, de novo)

– Só tem 3 coisas que param no ar: Helicópter, Beija-Flor e Dadá Maravilha (o próprio)

– Vocês tem a problemática e eu tenho a solucionática (Dadá Maravilha) – Como assim solucionática??

– Aloízio e Adriano podem jogar juntos. 2 bons podem jogar, não pode jogar é 2 ruins (Muricy Ramalho, quando perguntado se Adriano e Aloízio poderiam jogar juntos)

– Sim, 2+9=11, e 11 podem jogar (Muricy de novo, dando uma outraresposta pra mesma pergunta do ítem anterior)

– Vão jogar de meia, calção e camisa (Muricy Ramalho, quando perguntado como o time jogaria)

– Mas combinaram isso com os russo já, professor?(Garrincha de novo, quando tava tendo uma preleção antes do jogo entre Brasil x Rússia e o técnico tava passando o que cada jogador deveria fazer em campo) – Claro que já combinaram, senão como ia ter instruções??

Eu disconcordo com o que você disse( Vladimir, ex-meia do Corinthians, em uma entrevista à Rádio Record) – Eu também!!

-Clássico é clássico e vice-versa (Jardel) – Sim, de novo ele

– Haja o que hajar, o Corinthians vai ser campeão(Vicente Matheus) – Esse cara só pode ser amigo do Jardel xD

-O difícil, como vocês sabem, não é fácil (Vicente Matheus) – Mais uma da anta

Como todos sabem Jardel foi um grande jogador do Grêmio. Como nota-se também ele é um dos que mais falou porcarias e os colorados devem estar achando graça disso. Mas calma, o post ainda não acabou e justamente a melhor frase é de um colorado.

Perguntaram pro Claudiomiro, ex-jogador do Inter, quando eles foram pra Belém do Pará jogar contra um time de lá : Claudiomiro, como é a sensação de estar jogando aqui??
A celebre resposta foi:
-Poxa, é muito emocionante jogar na terra que Jesus nasceu.

Não consigo falar nada depois disso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: