O Futebol e a Cultura

Que jogadores de futebol não são exemplos de cultura tudo bem, mas achei que burrice tinha limite. Mas depois de achar na net essas frases de jogadores passei a duvidar que burrice possa ter limite. Olhe as frases e depois pense o que achou:

– Tanto na minha vida futebolística quanto com a minha vida ser humana.’ (Nunes, ex-atacante do Flamengo) – Quer dizer que jogando futebol ele não é humano??

– Chegarei de surpresa dia 15, às duas da tarde, vôo 619 da VARIG.’ (Mengálvio, ex-meia do Santos, em telegrama à família quando em excursão à Europa) – Que surpresa xD

– Que interessante, aqui no Japão só tem carro importado.’ (Jardel, ex-atacante do Grêmio) – Sabe que nos Estados Unidos também =D

– As pessoas querem que o Brasil vença e ganhe.’ (Dunga, em entrevista ao programa Terceiro Tempo) – Eu não, pra mim qualquer uma das duas já serve.

– Eu, o Paulo Nunes e o Dinho vamos fazer uma dupla sertaneja.’ (Jardel, ex-atacante do Grêmio) – 1+1+1=3?!?!?

-‘O novo apelido do Aloísio é CB, Sangue Bom.’ (Souza, meio-campo do São Paulo, em uma entrevista ao Jogo Duro) – O português pegado xD

-‘A partir de agora o meu coração só tem uma cor: vermelho e preto.’ (Jogador Fabão, assim que chegou no Flamengo) – Mais um que não sabe contar.

-‘Eu peguei a bola no meio de campo e fui fondo, fui fondo, fui fondo e chutei pro gol.’ (Jardel, ex- jogador do Vasco e Grêmio, ao relatar ao repórter o gol que tinha feito) – Mais uma do Jarde, só perdoo ele porque fazia gols (e como)

-A bola ia indo, indo, indo… e iu!’ (Nunes, jogador do Flamengo da década de 80) – A bola iu?!?!

-Nem que eu tivesse dois pulmões eu alcançava essa bola. (Bradock, amigo de Romário, reclamando de um passe longo) – Dois pulmões não, mas talvez um cerebro ajudasse.

-No México que é bom. Lá a gente recebe semanalmente de 15 em 15 dias.’ (Ferreira, ex-ponta esquerda do Santos) – Já decidi, vou trabalhar no México xD

-Quando o jogo está a mil, minha naftalina sobe.’ (Jardel, ex-atacante do Vasco, Grêmio e da Seleção) – Jardel atacando de novo .

-O meu clube estava a beira do precipício, mas tomou a decisão correta, deu um passo a frente.’ (João Pinto, jogador do Benfica de Portugal) – A queda foi muito alta??

– A moto eu vou vender e o rádio vou dar pro meu tio” (Nunes, ex-Flamengo, ao ser perguntado com o que faria com a Motorádio que ganhara de prêmio por ser o melhor jogador em campo) – Sem comentários.

– O jogador tem que ser versátil como o pato, que é um animal tanto aquático, como gramático” (Vicente Matheus) – Animal gramático, adorei =DD

– Quem tá na chuva é pra se queimar (Vicente Matheus) – Como??

– O Rivelino é inegociável, invendável e imprestável (Vicente Matheus) – Bom pra ele

– Só tombarão o Corinthians sobre o meu cadáver!(Vicente Matheus, de novo)

– Só tem 3 coisas que param no ar: Helicópter, Beija-Flor e Dadá Maravilha (o próprio)

– Vocês tem a problemática e eu tenho a solucionática (Dadá Maravilha) – Como assim solucionática??

– Aloízio e Adriano podem jogar juntos. 2 bons podem jogar, não pode jogar é 2 ruins (Muricy Ramalho, quando perguntado se Adriano e Aloízio poderiam jogar juntos)

– Sim, 2+9=11, e 11 podem jogar (Muricy de novo, dando uma outraresposta pra mesma pergunta do ítem anterior)

– Vão jogar de meia, calção e camisa (Muricy Ramalho, quando perguntado como o time jogaria)

– Mas combinaram isso com os russo já, professor?(Garrincha de novo, quando tava tendo uma preleção antes do jogo entre Brasil x Rússia e o técnico tava passando o que cada jogador deveria fazer em campo) – Claro que já combinaram, senão como ia ter instruções??

Eu disconcordo com o que você disse( Vladimir, ex-meia do Corinthians, em uma entrevista à Rádio Record) – Eu também!!

-Clássico é clássico e vice-versa (Jardel) – Sim, de novo ele

– Haja o que hajar, o Corinthians vai ser campeão(Vicente Matheus) – Esse cara só pode ser amigo do Jardel xD

-O difícil, como vocês sabem, não é fácil (Vicente Matheus) – Mais uma da anta

Como todos sabem Jardel foi um grande jogador do Grêmio. Como nota-se também ele é um dos que mais falou porcarias e os colorados devem estar achando graça disso. Mas calma, o post ainda não acabou e justamente a melhor frase é de um colorado.

Perguntaram pro Claudiomiro, ex-jogador do Inter, quando eles foram pra Belém do Pará jogar contra um time de lá : Claudiomiro, como é a sensação de estar jogando aqui??
A celebre resposta foi:
-Poxa, é muito emocionante jogar na terra que Jesus nasceu.

Não consigo falar nada depois disso.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: